MLB® The Show™ 22 20220406231430 scaled

MLB The Show 22 – Análise

svg%3E
Release Date
5 Abril, 2022
ESTÚDIO
Sony San Diego Studio
GÉNERO
Simulador de Baseball
PLATAFORMA
Xbox One, Xbox Series, PlayStation 4, PlayStation 5 e Nintendo Switch

MLB The Show 22 tinha a difícil tarefa de superar o sucesso o seu antecessor, e embora consiga consiga melhorar em alguns aspetos comparativamente ao título de 2021, o salto qualitativo é bem menor.

MLB The Show 22 é um jogo desenvolvido pela Sony San Diego Studios, pertencentes à família de estúdios da Sony. No entanto este jogo encontra-se disponível não só para a Playstation 4 e Playstation 5, mas também para a Xbox One, Xbox Series e Nintendo Switch. Além disso é possível cross play, querendo isto dizer que no modo online é possível emparelharmos com jogadores de outra consola, o que ajuda bastante no matchmaking e partilhar o progresso entre consolas.

Um novo começo

Apesar do baseball não ser um desporto que goze de muita popularidade fora do continente americano (com algumas exceções), é perfeitamente possível experienciar e apreciar MLB The Show 22.

Tal deve-se aos tutoriais extremamente bem estruturados e claros que nos acompanham pelos primeiros passos do jogo. Estes tutoriais são extremamente importante para jogadores menos experientes e sem grande conhecimento da mecânica do jogo.

Outro aspeto bastante positivo é a introdução da dificuldade dinâmica. Quando começamos o jogo é-nos permitido selecionar a dificuldade, sendo que existem bastantes níveis de dificuldade por onde optar. Após a escolha podemos ativar a dificuldade dinâmica que, consoante o nosso desempenho do jogo, aumenta ou diminui a dificuldade do jogo.

Jogabilidade

A jogabilidade é relativamente parecida ao título de 2021. Iremos jogar enquanto batedor, lançador ou jogador de campo. Podemos fazê-lo fazer controlando apenas um jogador ou controlando toda a equipa, consoante o modo de jogo que tivermos escolhido.

Uma das melhorias foi na física, existindo um maior realismo quando conseguimos bater a bola.

svg%3E

É importante referir que a jogabilidade difere bastante consoante a dificuldade que nos encontramos a jogar. Se optarmos por uma dificuldade menor os comandos são extremamente básicos e relativamente pouco cativantes. No entanto consoante a dificuldade aumenta a complexidade tb aumenta, tornando o jogo bastante mais interessante e interativo. Todo o jogo fica mais interessante quando jogado numa maior dificuldade.

Mais uma vez as qualidades do DualShock são usadas, permitindo uma maior imersão no jogo e uma (ainda maior) satisfação quando conseguimos bater em cheio na bola e fazer um home run.

The show must go on

O Baseball na América é um espetáculo televisivo com a presença de vários comentadores e analistas que discutem todos os pormenores do jogo e das equipas. MLB The Show 22 consegue incorporar na perfeição todo esse espetáculo, deixando a dúvida se vamos jogar um jogo de MLB The Show 22 ou se vamos assistir a um jogo verdadeiro da MLB.

svg%3E

Este ano temos um novo duo de comentadores que nos vão acompanhando no decorrer do jogo. Infelizmente os comentários são escassos e tornam-se repetitivos muito rapidamente.

Co-Op

O modo online não é novidade em MLB The Show. No entanto este ano foi introduzido o movo Co-Op que permite jogos de 2vs2 ou 3vs3 em cooperativo.

É possível jogar em co-op no modo Diamond Dynasty ou fazendo um jogo rápido. Infelizmente ainda existem alguns problemas neste modo, e as perdas de conexão são frequentes, sendo bastante desafiante conseguir terminar um jogo.

Modos de Jogo

Existem dois modos extremamente populares entre os fas de MLB The Show. Falamos obviamente dos modos Diamond Dynasty e o modo Road to The Show.

Diamond Dynasty é o modo que se assemelha ao Ultimate Team de FIFA. Existem cartas, jogadores normais, jogadores lendários, etc que conseguimos adquirir com moedas que ganhamos no decorrer do jogo.

Obviamente e infelizmente as mictrotransações marcam presença neste modo. No entanto é importante referir que ao contrário de outros jogos que usam modos semelhantes, o sistema de recompensa é bastante justo.

Neste ano foi introduzido o Mini Seasons no Dynasty Mode. Este novo mecanismo permite jogar com 8 equipas numa fase regular, playoffs e final em modo offline. Acaba por ser semelhante aos Squad Battles do FIFA e é ideal para jogadores que não prefiram os modos offline em detrimento do online.

Road to the Show é outro dos modos preferidos dos jogadores de MLB The Show. Infelizmente este modo não teve grandes novidades comparativamente ao título do ano passado.

Aqui começamos como um jogador em início de carreira e que vai evoluindo até se tornar um jogador de topo. Apesar da ideia ser transversal a praticamente todos os jogos desportivos existentes, acaba sempre por angariar um enorme números de fãs.

Outra das vantagens deste modo é o facto de não jogarmos os jogos inteiros, o que permite avançar na época muito mais rapidamente. Entre jogos também temos alguns mini jogos que nos permitem melhorar as nossas qualidades.

svg%3E

Seria bom no entanto que este modo tivesse um pouco mais de história e contexto em vez de lançar tudo a seco.

O Franchise Mode foi um dos modos que maior destaque recebeu o ano passado, e que se mantem praticamente inalterável. Escolhemos uma equipa e tratamos de toda a logística a ela associada, desde contratações, aspetos financeiros entre muitas outras coisas.

Outro dos modos que regressou foi o March to October. Semelhante ao Franchise Mode, mas com um tom mais leve, e onde apenas é necessário jogar nos momentos chave da época, podendo igualmente simular jogos.

Qualidade gráfica

Não podíamos deixar de referir o aspeto visual impressionante que MLB The Show 22 oferece. Com uma qualidade gráfica impressionante, torna-se por vezes difícil distinguir se estamos a ver ou a jogar um jogo de baseball.

Além da enorme qualidade gráfica, MLB The Show 22 corre a uns impressionantes 60fps numa resolução de 4K na Playstation 5.

svg%3E
MLB The Show 22
Outro home run para MLB The Show 22 que conseguiu trazer melhorias ao título anterior, destacando-se como o melhor simulador de baseball da atualidade.
Positivo
Gráficos
Jogabilidade
Bastantes modos de jogo
A melhorar
Alguns modos mereciam mais novidades
Menus de interface um pouco desatualizados
Alguns problemas nos jogos online
8

Não percas uma novidade