lego star wars the skywalker saga

LEGO Star Wars: The Skywalker Saga – Análise

svg%3E
Release Date
5 Abril, 2022
ESTÚDIO
TT Games
GÉNERO
Plataformas
PLATAFORMA
PS4 e PS5

O universo de Star Wars encontra-se perfeitamente retratado em LEGO Star Wars: The Skywalker Saga. Com bastante humor à mistura e pequenas adaptações à realidade LEGO, The Skywalker Saga é a garantia de muitas horas de divertimento e boa disposição.

Peça a peça o universo de Star Wars foi (re)construído, melhorado e aumentado, passando a incluir os nove filmes da saga Star Wars que vão desde The Phantom Menace até ao mais recente The Rise of Skywalker.

Jogabilidade

Apesar dos títulos Star Wars não serem novidade no mundo dos videojogos LEGO, The Skywalker Saga além de nos oferecer todos os 9 episódios da saga traz-nos igualmente algumas novidades com destaque para as alterações na câmara, que embora não esteja perfeita, traz-nos grandes melhorias comparativamente a outros títulos LEGO.

Quando começamos o jogo podemos optar por qual das trilogias queremos começar, sendo que apenas podemos escolher o primeiro episódio de cada uma das trilogias. Apenas quando concluído o primeiro episódio podemos passar para o segundo. No entanto a qualquer altura podemos trocar de trilogia se assim o quisermos.

svg%3E

Sem surpresas o jogo traz-nos um mundo LEGO bastante destrutível. Consoante o episódio e a cena que estamos a jogar os personagens variam. Obviamente que os personagens mais icónicos da saga Star Wars margam presença. Em cada nível, por norma, jogamos com mais do que um personagem, sendo possível alterar de personagem durante o jogo.

O combate é extremamente gratificante existindo várias maneiras de eliminar os nossos inimigos que variam consoante o personagem que estamos a utilizar. Podemos usar o poder da força e levantar os nossos inimigos e atirá-los contra a parede ou contra outros inimigos podendo fazer o mesmo com alguns objetos. Existe obviamente as armas laser com diferentes tipos que variam desde caçadeiras, pistolas, espingardas, bestas e obviamente o mítico sabre de luz.

Outro dos aspetos que merece igual destaque é a diversidade de missões existentes no jogo, que variam desde missões focadas em combate, naves, plataformas ou mesmo estratégia.

svg%3E

Progressão

Durante o jogo iremos apanhar bastantes moedas Lego que nos permitem evoluir os nossos personagens ou equipamento.

Existem no entanto outros upgrades disponíveis que apenas são possíveis de desbloquear com o uso de peças legas específicas (blue bricks) e que nos oferecem alguns upgrades extremamente divertidos.

No entanto embora exista este sistema de progressão a verdade é que não é muito necessário visto que Lego Star Wars é um jogo fácil de se jogar. Propositado ou não, quase todos os tiros dos stormtroopers falham o seu alvo, e embora exista a mecânica de nos podermos esconder atrás de uma parede ou barreira para evitar ser atingido, a verdade é que não é verdadeiramente necessário. E isso aplica-se também ao sistema de progressão. Não é preciso fazer grind para evoluirmos na história.

Diferentes galáxias

Não existe grandes surpresas no que diz respeito à historia visto seguir as linhas principais dos filmes. Cada um dos episódios conta a história do respetivo filme de forma fiel e com muito humor à mistura. Como seria de esperar existe um grande enfâse nas cenas icónicas de cada filme.

svg%3E

No jogo existe uma hub area que nos permite viajar para diferentes planetas, cada um com a uma área aberta à exploração com vários coletáveis e desafios.

Existem mais de 20 planetas distintos para explorar que vão desde Tatooine, Coruscant, Jakku entre muitos outros. Cada um dos planetas tem características e estilos distintos fazendo com que a descoberta de um novo planeta não dê a sensação de algo repetitivo.

O tamanho do universo Lego Star Wars é enorme. Mesmo quando finalizados os nove episódios existe literalmente uma galáxia para explorar cheio de conteúdos, desafios, minijogos de grande interesse e que nos fazem querer gastar mais umas boas horas em descobrir todos os segredos de cada planeta e desbloquear todos os personagens existentes.

Solo Vs Co-Op

Como vem sido habitual nos jogos LEGO existe a possibilidade de jogar em modo cooperativo. LEGO Star Wars: The Skywalker Saga não é diferente e oferece-nos mesmo essa possibilidade aumentando ainda mais o grau de diversão.

Se jogado a solo o caos e destruição são grandes, quando se tem alguém ao lado a destruição é ainda maior com muitas pequenas peças lego destruídas a voarem pelo ecrã fora.

svg%3E

O único problema deste modo é o facto de o ecrã ficar dividido em dois, e com isso se perder bastante grau de visibilidade tornando tudo mais difícil. Com metade do ecrã disponível o combate fica gradualmente mais difícil e a exploração praticamente impossível.

De referir que não existe online co-op embora seja possível usar o Share Play que Playstation oferece, permitindo uma espécie de online co-op.

Gráficos

Neste universo LEGO a qualidade gráfica é impressionante. Os cenários estão cheios de pormenores onde conseguimos vislumbrar as peças LEGO que foram utilizadas para os construir.

svg%3E

Os personagens são uma fiel adaptação dos filmes, sendo facilmente reconhecíveis para quem está minimamente familiarizado com a trilogia Star Wars.

De referir que a jogabilidade é bastante fluida, existindo a possibilidade de correr o jogo a 30 ou 60fps, ambas com uma resolução 4K.

svg%3E
LEGO Star Wars: The Skywalker Saga
Um jogo imperdível para qualquer fã de Star Wars, Lego ou de jogos de ação/plataformas. Com muita comédia pelo meio LEGO Star Wars: The Skywalker Saga é a garantia de largas horas bem passadas.
Positivo
Diversidade na jogabilidade
Narrativa em tom cómico
Universo enorme e cheio de coisas para explorar
A melhorar
O modo cooperativo merecia um pouco mais de atenção
9

Não percas uma novidade